Estou ficando careca: Temos a solução para o seu problema, veja abaixo!

estou ficando careca

A queda de cabelo é uma preocupação que atinge milhões de homens e mulheres em todo o mundo. Normalmente os homens são mais afetados pela calvície ou pela alopecia androgenética, e por isso é muito comum ouvi-los repetir os dizeres “estou ficando careca”.

Mas se esse também é o seu caso, não fique repetindo está frase, leia esse artigo e descubra como tratar o problema.

O que pode ser?

Primeiramente destacamos que perder cabelo é algo muito normal, cerca de 50 a 100 fios de cabelo caem da cabeça de todas as pessoas diariamente sem que às vezes esta nem mesmo perceba.

Na medida em que envelhecemos nossos fios de cabelo vão se tornando cada vez mais finos e sensíveis, o que agrava a situação, já que muitas vezes apenas uma passada de pente mais fino é o suficiente para arrancar muitos fios de cabelo.

Além dos fatores normais de envelhecimento, diversos fatores poderão estar ligados à queda de cabelo, desde a herança genética, oriunda tanto pela mãe quanto pelo pai, até diversas alterações no organismo, como alterações da tireoide, estresse emocional e também algumas doenças como a anemia.

Entre os homens a causa mais frequente de ficar careca é a calvície, que normalmente está ligada a hereditariedade, já que os genes responsáveis por tornar o homem mais calvo poderá ser adquirido ainda na placenta da mãe, portanto já nascendo predestinado a se tornar calvo.

Além disso, o uso inadequado de cosméticos poderá está ligado à causa de sua careca, já que muitas vezes utilizamos produtos químicos para tornar as madeixas mais bonitas e na moda, o que em alguns casos poderá estar influenciando negativamente a saúde do couro cabeludo.

careca aos 20 anos

Aos 20 anos é normal?

Se você está ficando careca ainda na juventude, com seus 20 anos de idade, o ideal é buscar ajuda médica para que seja diagnosticado ao certo a sua causa, não fique apenas preocupado repetindo “estou ficando careca”, pois isso poderá ser normal em casos em que há a hereditariedade na família, como também poderá ser anormal sendo resultado de alguma doença ou estresse.

Antes de qualquer coisa, ao perceber que está ficando mais careca, tente trocar a linha de cosméticos que costuma utilizar, como os shampoos, condicionadores, cremes e gel.

De preferência para os produtos de mais qualidade e que oferecem a função antiqueda, caso não seja percebido nenhuma melhora não hesite em procurar ajuda de um especialista para verificar a causa e resolver o problema o quanto antes.

O que fazer?

A primeira coisa que se deve fazer é investigar a sua causa, somente após fazer esta constatação é possível encontrar um tratamento adequado para o seu caso.

Normalmente as pessoas que estão ficando carecas por problemas com relação a estresse ou anemia, ao solucionar esses problemas terá o crescimento dos cabelos novamente sem muitos problemas.

Já para casos em que há uma hereditariedade e uma predisposição para ficar careca mais jovem, o ideal é procurar por produtos que tendem a melhorar o aspecto da calvície.

Dúvidas sobre o artigo “estou ficando careca”? Deixe um comentário!

Como fazer rímel caseiro: Economize e faça uma máscara potente para os seus cílios em casa!

mulher passando rimel caseiro nos olhos

A maquiagem é fundamental para as mulheres que gostam de realçar sua beleza, no entanto, nem sempre é possível ter todos os itens necessários para conseguir fazer uma bela maquiagem e é por isso que saber fazer alguns produtos caseiros pode ajudar. Hoje nesse artigo eu irei falar sobre como fazer rímel caseiro, se você também deseja aprender a fazer esse produto, você está no artigo certo.

Continue conosco e descubra a seguir como fazer rímel caseiro com itens que você provavelmente possui em casa.

Como é a receita com óleo de rícino?

O óleo de rícino é excelente para fazer um rímel caseiro, pois sua textura deixa os cílios perfeitos. Além disso, o óleo de rícino ajuda no crescimento dos fios dos cílios, tornando-os maiores e mais grossos. Por isso usá-los como rímel caseiro é uma ótima opção para obter resultados surpreendentes em seus cílios.

Confira abaixo o passo a passo de como fazer rímel caseiro com óleo de rícino.

Ingredientes

  • Tubo de rímel vazio
  • Shampoo neutro
  • Água
  • Óleo de rícino

Modo de fazer

  1. O primeiro passo é você higienizar bem o tubo de rímel. Para isso é necessário que você coloque um pouco de shampoo neutro com água quente no tubo.
  2. Deixe o tubo e o aplicador de molho nesta mistura por cerca de 30 minutos.
  3. Em seguida lave o tubo com água corrente. Você deverá lavá-lo até que a água saia dele completamente transparente.
  4. Depois é só você acrescentar o óleo de rícino dentro do tubo e fechar com o aplicador.

Com o rímel de óleo de rícino pronto você deverá aplicá-lo normalmente em seus fios.

E com carvão?

Outra excelente forma de fazer rímel caseiro é usando o carvão. O bom é que para os veganos, essa é uma excelente forma de usar máscara sem ferir os animais. Confira abaixo como preparar seu rímel.

Ingredientes

  • 3 cápsulas de carvão ativo
  • 1 colher de óleo de coco
  • ½ colher de cera de abelha
  • 1 colher de gel de aloe vera
  • 1 colher de óleo de vitamina E
  • Água quente

Modo de fazer

  1. Em um recipiente de sua preferência, coloque o óleo de coco, o óleo de vitamina E e a cera de abelha e misture bem.
  2. Em um recipiente maior que o anterior coloque água e leve ao fogo. Em seguida coloque o recipiente menor dentro, para derreter os ingredientes em banho-maria.
  3. Quando os ingredientes derreterem, retire o recipiente menor da água.
  4. Adicione o aloe vera e misture com os outros ingredientes até obter uma mistura homogênea.
  5. Quebre o cartão ativo e coloque na mistura. Você deverá mexer bem até que a mistura fique homogênea.

Pronto, seu rímel está pronto para ser usado.

mulher usando rimel caseiro nos olhos

Tem como fazer um rímel caseiro com vaselina?

Se você está em busca de como fazer rímel caseiro, saiba que usar a vaselina é uma ótima opção, assim você terá ótimos resultados em pouco tempo.

  1. Para fazer esse rímel é bem simples, você deverá apenas lavar bem um aplicador de rímel antigo até que ele esteja completamente limpo.
  2. Em seguida use o aplicador para passar a vaselina em seus cílios. Espalhe o produto de dentro para fora.

Feito isso você terá cílios longos e naturais.

Ficou com alguma dúvida sobre como fazer um rímel caseiro? Deixe seu comentário!

Infecção vaginal: Qual é o tratamento com remédios? O que pode ter causado? Tem como evitar?

mulher com maos na virilha representando dor por infeccao vaginal

A infecção vaginal acontece quando o órgão genital feminino é infectado por algum agente externo como bactérias, vírus, fungos e parasitas, normalmente provocando alguns sintomas como intensa coceira na região, corrimento esbranquiçado com mau cheiro e vermelhidão. A infecção vaginal poderá ser oriunda de diversos tipos de infecções como o HPV, a herpes genital, a candidíase, gonorreia, a sífilis e outras.

Se você deseja saber mais sobre a infecção vaginal esse artigo é para você, continue conosco e tire todas as suas dúvidas a seguir.

Como fazer o tratamento da infecção vaginal com remédios?

O tratamento para infecção vaginal irá depender de cada tipo de infecção, onde normalmente é feito com remédios com objetivo de eliminar o agente causador desta.

Normalmente o tratamento para infecção vaginal causada por fungos é feito com medicamentos antifúngicos. Alguns exemplos são o Clotrimazol ou Miconazol que são vendidos sobre a forma de pomada ou comprimidos vaginais, que normalmente são administrados uma só vez ou em pequenas doses em até 3 dias. A pomada de fluconazol (saiba mais) é também outro antifúngico muito indicado pelo médico nesses casos.

Para casos em que a infecção vaginal foi provocada por bactérias, o médico poderá indicar o uso de antibióticos orais ou de aplicação vaginal como o Metronidazol e Clindamicina. Esses remédios são considerados fortes e ajudam a eliminar os fungos e aliviar os sintomas em pouco tempo de uso.

Em casos que surgem também verrugas na região genital como acontece na infecção vaginal do tipo HPV, há também a opção de fazer a cauterização das lesões a partir de procedimentos cirúrgicos, mas que normalmente não levam muito risco para a paciente.

De qualquer forma, independente do tipo da infecção na região íntima o recomendado é que sempre utilize a camisinha durante o contato íntimo, pois independente do tipo de infecção o microrganismo causador, poderá ser passado para o parceiro e mesmo após você passar pelo tratamento poderá vir a adquiri-lo novamente, normalmente em um quadro pior que o vivido anteriormente.

Quais podem ser as causas?

As causas da infecção vaginal dependem de cada tipo de infecção seja ela HPV, a gonorreia ou sífilis.

Normalmente ela é causada pelo contato íntimo com alguém que já possui esta condição, como explicamos anteriormente, entretanto, em alguns casos a infecção vaginal poderá surgir de alterações do PH vaginal e da flora bacteriana, onde mulheres que possuem uma queda na imunidade e passam por estresses frequentes estão mais sujeitas a se debater com este quadro.

O ideal é buscar a ajuda de um ginecologista para que ele possa investigar qual é o tipo de infecção vaginal você possui e sua possível causa, pois quanto mais rápida for identificada, mais rápido será o tratamento.

mulher segurando calcinha de algodao representando como prevenir infeccao vaginal

Como prevenir uma infecção vaginal?

Pequenos cuidados ajudam a prevenir e a evitar o desenvolvimento de infecções vaginais, como podemos destacar::

  • Não utilizar roupa íntima suja;
  • Evitar usar roupa íntima apertada demais;
  • Dar preferência a roupas íntimas de algodão;
  • Evitar o uso de duchas íntimas;
  • Manter a região íntima sempre limpa e seca.

Ainda ficou alguma dúvida sobre a infecção vaginal? Deixe um comentário que assim que for possível nós responderemos você.